quinta-feira, 27 de abril de 2017

Quem votou foi muito bem pago”, dispara deputado contra bancada da PB favorável à reforma trabalhista

“Quem votou foi muito bem pago”, dispara deputado contra bancada da PB favorável à reforma trabalhista
A aprovação da Reforma Trabalhista na Câmara Federal não foi bem vista pela população, assim como para alguns parlamentares da Paraíba. O petista deputado Anísio Maia não fez economia de palavras, nem tão pouco de termos ao comentar a apreciação da matéria. Anísio disse que foi um ato realizado por 'moleques' e criticou a bancada federal paraibana.

"Os parlamentares que aprovaram esse texto tenebroso contra os trabalhadores, na verdade não fizeram só política, podemos dizer com todas as letras que fizeram uma molecagem", disparou Anísio.

Para o parlamentar, houve um grande complô, segundo ele, acobertado pela grande mídia que não passou para a população a informação do que estaria para ser votado. "Passou dez dias entretendo o povo com notícias da Lava Jato, coisas que todos já sabiam sendo repetidas dez vezes para o povo não saber o que estava sendo votado na Câmara Federal", declarou o petista.

Com a aprovação dessa lei, de acordo com o deputado, as empresas terão vantagens em negociações diretas com o trabalhador. Para o deputado, o povo brasileiro foi o grande prejudicado ao ter seus direitos retirados. "Agora o Brasil é o 'paraíso' das multinacionais, das grandes empresas, que podem vir pra cá e vão ganhar muito dinheiro porque aqui o trabalhar até morrer sem direitos".

Anísio Maia fez duras críticas ao presidente da República, Michel Temer, porém acrescentou o parlamento brasileiro também é culpado pela retirada de direitos dos brasileiros. "Eles têm que votar porque foram pagos pra isso, então quem votou nesta lei, seguramente, recebeu muito recurso na sua campanha eleitoral e talvez ainda continuem recebendo. Estou dizendo que quem votou foi muito bem pago", concluiu.


PB Agora